Ícone de fechar Fechar

Política

Augusto Aras, procurador-geral da República

Bolsonaro desprezou a lista tríplice e indicou em 2019 um nome que não concorreu na eleição interna

relacionadas

Poder

Eleições

Desigualdade Racial

poder

poder

Governo Bolsonaro

NEWSLETTER